segunda-feira, 6 de março de 2017

Maria Emilia B. Teixeira


" Não é nada " é a resposta que dou quando estou sentindo " muito ".
O que me é profundo poucos alcançam.
Se resguardar... Deixar passar o tempo... As coisas mudam na esperança do melhor acontecer.

2 comentários:

  1. Se o pensamento é de que poucos alcançariam o que te é profundo, então o "não é nada" é um muro alto, proibitivo a curiosos, a desajeitados, aos que acabam de desandar o bolo quando ajudam... (Risos).
    Então, vais e te aconselhas com o velhinho chamado tempo...
    Hummmm... Sabes que aparenta ser um bom método?! Boa noite, Emi.
    Un abbraccio.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário.