domingo, 30 de dezembro de 2012

Maria Emilia


Eu queria voltar atrás para consertar o relógio do tempo que eu perdi.
E ganhar de volta cada minuto da vida subtraída.

Maria Emilia

Intempéries



O tempo e o vento sempre trazem folhas diferentes.
Distinguem-se das intempéries de cada estação que vivemos.
Folhas secas.
Folhas mortas.
Que venham as folhas novas...
Esperança renovada.
Para redesenhar uma nova etapa.
O tempo da florada.

sábado, 29 de dezembro de 2012

Maria Emilia



 2012

Quero dizer 2012 que foi um prazer enorme quando você chegou com suas luzes e orações.
Eu estava precisando disso.
Energia... Muitas energias.
Algumas coisas não estavam boas e precisavam de mudanças.
Meu coração me sinalizava que tudo seria diferente.
Coração estava cansado e magoado.
Escrevi muito e nem sei se estava certa.
Preciso disso... É a minha válvula de escape.
O trabalho foi o meu grande aliado, onde me sinto realizada.
O que dizer de você?
Vou sentir saudades... Caminhamos lado a lado.
Foi o protagonista da minha história.
Um divisor de águas.
Ano de 2012... Você me fez enxergar.
Acordar e lutar.
Tomei decisões que adiei por anos.
Pessoas foram embora.
Mas outras chegaram.
Ano de recomeçar e de reconstrução.
De agradecer pelas bênçãos.
Não vamos chorar sua partida.
Receber 2013 com a certeza.
De que vale muito estar na roda viva da vida.
Ao lado de pessoas maravilhosas e que me acrescentam em todos os sentidos.
Seja bem vindo 2013!
Recebo-te de braços abertos.
Com a taça na mão, com os pés no chão e com uma oração.
Quero muita proteção.

Maria Emilia


Colo de mãe

Quisera sempre contar com...
Ombro e colo de mãe.
Ombro que não se cansa.
Ombro que não reclama.
Colo de mãe.
E melhor amiga.
Que me acalma e me chama de... Minha filha.
Ombro de uma mulher que me amou e partiu em um triste dia.


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Maria Emilia





Meu leão

Eu não matei o meu leão todos os dias.
Fiz amizade com ele.
Tornei-me sua amiga.
Ele me ensinou a ser leoa com a vida.
A ter força e garra.
E juntos, lado a lado enfrentaremos o que vier no nosso cotidiano.






quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Maria Emilia



Buquê de flores

Se uma mulher nunca recebeu flores.
Certamente no seu caminho ainda não chegou o jardineiro do amor.
Que cultiva flores de delicadeza no coração de quem ama.
Que sabe do encantamento do ato.
Por que se entrega sem medo no buquê para a mulher.
Ele entende de delicadezas.
Semeia uma vida inteira ao lado de quem quer.

Maria Emilia


Amigo
Quando agente se abraça.
Nossas histórias se fundem e se confundem.
Coincidem-se.

Maria Emilia


Saiba passar pela vida.
Com ou sem dinheiro.
Sabendo o real valor de cada coisa.
Não derrape nas curvas de valores.

Maria Emilia


Cactos

Fiquei com raiva de você em vários momentos.
Pensei que eras minha inimiga.
Mas, com o tempo percebi que sempre me respeitou.
E usou da diplomacia.
Mostrando-me que a atitude sobre minha vida era somente minha.
Deixando sempre a vez para eu decidir.
Na paciência da sua espera pelo meu crescimento.
Recebi o seu aplauso.
Estou tentando escrever a minha história.
Parei de abreviar a minha vida.
Irei redesenhar sobre os cactos.
Flores...
De todas as cores.
Eles irão de florir.
A qualquer momento.
Insisto nisso.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Maria Emilia B. Teixeira



Ficar para semente

Não importa se estão longe ou perto.
Ou até mesmo se partiram...
Tem gente que nasce com o dom de germinar.
Vem para a vida de uma forma tão especial para os outros.
A semente que deixa em nossos corações grita a sua essência na saudade quando morrem.
Lembrança da semente boa, de gente do bem e que soube ser grande em tudo.
Elas deveriam ficar para sempre na vida como sementes de amores perfeitos.
Porém tem outras... Que envenena o solo das lembranças no coração da gente e que gostaríamos de nunca ter conhecido, pois partem deixando somente lembrança de tempos ruins.
Infelizmente quem não sabe florir a vida dos outros, carrega em si algo que somente Deus entende.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Maria Emilia


Morada

Quando ela sorriu.
Uma porta se abriu.
Iluminando a casa e acordando.
A verdadeira moradora.
Seu sorriso abriu a porta da sua alma.
Revelando que existia entusiasmo nela.
Sorrindo, ela acordou a alegria de viver...
Que habitava no seu intimo, em um baú antigo e que havia se acostumado com a tristeza.
Somos vários em um.
Dependendo do estado em que nos encontramos...
Certos inquilinos precisam receber ordem de despejo.
Muitos deles pensam que são os proprietários da nossa morada.
A chave da porta pertence ao único dono que é de direito.
Somente você.


Maria Emilia





Arquivo morto

Não olho mais para trás.
Arquivo morto não faz parte do meu presente.
Selecionei o pedaço mais bonito dessa história... Ela foi gerada nove meses no meu ventre.
Minha visão vislumbra um futuro que somente a Deus pertence.
Mas que a minha fé me diz que nós merecemos.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Maria Emilia


Se algumas pessoas soubessem o que se passa aqui dentro...
Não questionava e nem julgava.
Aqui dentro é turbilhão de pensamentos e observações.
Não sou movida por hormônios.
Sou movida a neurônios.

sábado, 1 de dezembro de 2012

Maria Emilia


Dezembro

Bem-vindo dezembro!
Trazendo em seu colo o Jesus menino.
Meu coração é toda manjedoura esse mês.
Para acolher Aquele que me amou primeiro.
Seja bem-vindo hoje e sempre.


Maria Emilia


Sem noção

Aqui nesse meu jogo.
Meu receio é de quantas vidas ainda tenho a meu favor.
Pois nos recomeços... Eu gastei algumas delas.
Totalmente sem noção da quantidade que tenho em minhas mãos.
E o desejo que elas tenham-se clonado ao meu favor.
É muito bom redescobrir a vida.