quarta-feira, 16 de março de 2016

Maria Emilia B. Teixeira


Auto estima
Só te peço um favor! Não vá saindo de mansinho se diminuindo e pensando que vou te substituir, quando um alguém se aproximar de mim.
Você me mantém inteira e não pela metade.
Quem se incomodar com sua presença.
Quero bem longe de mim.



Maria Emilia B. Teixeira


Mudanças de ares  e de vida...

Durante quatro anos fiz parte da equipe Cia dos Anjos como professora de educação infantil.
Foram anos de muito empenho, pesquisa e dedicação, pois somente com amor se faz um bom profissional e não poderia ser diferente. Plantei sementes...
Tenho a consciência tranquila de dever cumprido e sempre procurei dar o meu máximo para os meus queridos alunos e escola.
Trago comigo a certeza de que conquistei o carinho e o respeito dos pais que conseguiram enxergar além de uma profissional.
Foram momentos únicos com cada ser humano que tive a oportunidade de tocar na pessoa e no intelecto com respeito, pois crianças são seres especiais e únicos.
“Crianças são caçadoras... Buscam o tempo todo uma sintonia com o universo adulto. Relacionar-se com elas é como tocar uma música.
“Quem as escuta pode dizer que ouve estrelas”. Ou conversa com Deus. (Renata Meirelles)
E esse mesmo Deus me abriu outra porta de retorno a minha cidade natal Rio de Janeiro.
E quando Ele manda a gente obedece.
Levarei comigo a lembrança de cada rosto, gestos, olhares, abraços e até os choros dos pequenos aprendizes... Crianças são verdadeiras, talvez seja por isso que elas gostam de ficar em pé ao lado dos adultos quando estão sentados no chão para brincar com elas, é para poderem olhar nos olhos e sentir o amor e a verdade.
Obrigada Rio Grande do Sul... Pelos amigos, alunos, trabalho, pelos momentos bons e ruins... Sou uma eterna aprendiz em construção...

Estou chegando Cidade Maravilhosa!

Boa sorte para mim.