sábado, 28 de novembro de 2015

Maria Emilia B. Teixeira


Deus escuta somente o coração, pois é de onde sai a verdadeira prece de gratidão.
É o lugar mais intimo onde Ele toca... Onde a fé transborda.

domingo, 15 de novembro de 2015

Maria Emilia B. Teixeira

Sobre a tragédia do Charlie Hebdo na França e Mariana no Brasil

Num mar de lama brasileiro...
E no mar de sangue francês... Vai para o solo muitas vidas preciosas e consciente  de que não contribuíram para que essa tragédia acontecesse com eles.
O mundo tem dores em seu corpo, em vários continentes.
A intolerância.
O fanatismo.
A ganância.
A omissão.
Escreveram  juntos mais uma triste página da nossa história.
Agora faz correr um mar de lágrimas amargas em quem perdeu muito da sua história... Fotografias arrancadas do álbum da vida fora do tempo e da hora.

sábado, 14 de novembro de 2015

Maria Emilia B. Teixeira


Já não me importo em ter os pés e os olhos molhados... Aquilo que nos acontece ou que nos preocupam, não pode ser maior do que somos e nem melhor do que ainda temos conosco.
Quem está nessa vida não deve temer a chuva dos acontecimentos, mas deve acreditar que ela termina no seu próprio tempo.


segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Maria Emilia B. Teixeira


Quem pisa no jardim humano sem se importar com a característica da flor, certamente não tem o dom de ser  jardineiro de gente.Não sabe plantar e não tem o direito da colheita. Desconhece a semente do bem-me-quer. O canteiro do coração é delicado e a semente dos mal-intencionados ficam secas e morrem...  A reconstrução é certa. Benditos e bem vindos aqueles que tem a prática de plantarem coisas boas dentro da gente...  Infinitamente jamais serão esquecidos.

domingo, 1 de novembro de 2015

Maria Emilia B. Texeira


Não sou interesseira, pois a vida se encarrega melhor do seu principal papel.
É sempre tudo do jeitinho que ela quer.
Não travo o passo  da amiga em seu disfarce de desinteressada ... Vou seguindo lado a lado, pois a regra do jogo está com ela.

Maria Emilia B. Teixeira


Quem vive de passado é gente bonita que sabe valorizar uma época e aprendeu a caminhar com a elegância do respeito pela que está vivendo no momento.