sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Maria Emilia B. Teixeira


 Festas de Fim de Ano

Os que não sonham.
Os pessimistas.
Costumam enxergar as Festas de Fim de Ano.
Como um dia como outro qualquer.
Eles dizem:
-Não há nada de mágico e especial.
-O ano começa e nada vai mudar.
-Só muda o calendário.
Seus corações endurecidos e sem esperanças.
Não conseguem sentir e enxergar a beleza e o sentido das Festas.
Como não sentir esse momento novo que se anuncia no ar.
O nascimento do menino Jesus, e sua mensagem de amor e esperança.
Nos mostra o sentido de família, união e confraternização.
A passagem de um ano para o outro, com suas luzes, orações e esperança em nossos corações de um ano novo que se inicia, porque não dar boas vindas a mais um ano que temos para viver e realizar tudo aquilo que almejamos.
Perspectiva negativa é para quem se acomodou.
Para quem não sonha e não luta.
Fazendo a nossa parte, estaremos dando um empurrãozinho na sorte.
E conseguimos alcançar o que almejamos.
Prefiro a ótica dos que olham a vida com simpatia.
Pois assim a Vida se torna leve e nos olha com mais simpatia.
A vida gosta de quem gosta dela.

Maria Emilia B. Teixeira


Estátua

Tenho a impressão que a vida às vezes brinca o jogo de estátua comigo.
Fica tudo inerte.
A minha roda da vida não gira.

Maria Emilia B. Teixeira


Aprendiz da vida

Nesta vida aprendi várias coisas:
Aprendi que não tem nenhum ser humano, que não esteja travando uma batalha em sua vida.
Seja ela de qualquer ordem.
De saúde.
Financeira.
Amorosa.
Superação.
Limite.
E outras tantas...
E em todas as idades aprendem-se lições.
Vivendo e aprendendo sempre.
A vida às vezes parece injusta conosco.
Mas o resultado dela na maioria das vezes é fruto de nossas escolhas.
O bem que você faz dificilmente é retribuído, só é retribuído por pessoas que tem valores.
A vida é um mistério...
E apesar do cotidiano não ser como agente gostaria que fosse.
Como diz o poeta.
Ela é bonita,é bonita e é bonita...
E vale muito vivê-la.
E vivê-la em toda sua plenitude.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Maria Emilia B. Teixeira


Armaduras

Pessoas de temperamento difícil, costumam se esconder atrás de uma armadura.
que nem sempre corresponde ao tamanho da pessoa que está dentro.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Maria Emilia B. Teixeira


Fidelidade canina

Os cães são tão amigos...
Eu tinha uma cadela de nome Duquesa.
Sua cor era branca e caramelo. Era minha desde filhote.
Quando eu chorava, por uma surra merecida da minha querida mãe.
Ela ficava ao meu lado chorando junto.
Eu ficava furiosa com ela, pois não saia do meu lado e isso me deixava mais irritada.
Eu na minha pouca idade não pude entender porque ela não saia de perto de mim.
Era um carinho canino que eu não entendia. Era fidelidade.
Mas agora relembrando, me fez pensar o quanto a Duquesa era minha parceira e amiga.
O quanto ela se emocionava, isso mesmo, cães também se emocionam, eu quero acreditar nisso...

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Maria Emilia B. Teixeira


 Se amar

Antes de amar alguém.
Ame-se.
Se valorize.
Como amar alguém que mal conheceu.
E não se amar a si próprio?
Como poderá oferecer esse sentimento,que não tem por si?
Espera dos outros essa valorização?
Ledo engano...