domingo, 2 de novembro de 2014

Maria Emilia B. Teixeira


Não repare os meus cabelos, adivinhe meus pensamentos.
Não repare minhas roupas, pense que dentro delas tem gente.
Não repare meu perfume, sua fragrância é a minha presença.
Não repare meu falar, meu sotaque é carioca da gema.
Não repare meu caminhar, elegância vem de berço.
Uma coisa eu te peço. Repare-me bem devagar... Mas somente nas minhas entrelinhas...


2 comentários:

  1. Seria bom se muita gente soubesse ler as entrelinhas rs...
    Um doce novembro pra vc =)

    ResponderExcluir
  2. Te desejo o mesmo novembro doce para você.Boa semana.Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário.