sábado, 22 de março de 2014

Maria Emilia


A minha vida... Eu seguro com as duas mãos...
Só tenho essa para viver.
Ela e de minha total responsabilidade.
Cada um tem a sua... Faça a sua valer.
Doa a quem doer.
Esse é o requisito básico para sair da zona de conforto e descer do muro de lamentações.
O sonho determina a busca, a escolha, o provável acerto ou esbarrar na dona sorte.
As escolhas da minha vida... Tão minha...
Às vezes vai doer também em mim quando eu errar.
Mas jamais irei deixar de sempre tentar para um dia acertar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.