segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Maria Emilia B. Teixeira



Não confunda o meu sorriso na foto sem ter a exata noção das guerras que travei e ainda travo dentro de mim e com a vida.
Abrindo um pouco o sorriso é  como um comprimido para amenizar a alma.
Coração a gente abre para as quatros paredes do quarto na presença Dele.
Nele somente entra e se acomoda quem nos respeita, ama e cativa, pois ele é uma parte que tem segredos da nossa história que o sagrado lê e entende perfeitamente tudo em nós.

2 comentários:

  1. Me identifiquei demais... Concordo!

    http://juliamodelodemodelo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário.