quarta-feira, 24 de maio de 2017

Maria Emilia B. Teixeira


Machucado da alma não escorre sangue, discorre poemas atravessado na garganta.

2 comentários:

  1. A alma de um poeta transborda em poesia quando se machuca, quando se reconstrói, quando se alegra, quando se inquieta, quando se acalma...
    A alma de um poeta é poesia, por isso, transborda o que é.
    Abraço carinhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alma transparente.
      Um abraço carinhoso para você também.Bjs.

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário.