quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Maria Emilia B. Teixeira


Tenho vontade de caminhar na areia da praia para pensar na vida, mas a única água salgada que tenho é essa que choro sem perspectivas.
Ondas do mar leve embora essa maresia que corrói a esperança... Esperar por outro dia de calmaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.