sábado, 12 de setembro de 2015

Maria Emilia B. Teixeira


Não importa em que tempo vivemos, acho estranha essa nova forma de sentir moderna.
Os tempos não são outros... Como dizem por aí.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.