sábado, 13 de julho de 2013

Maria Emilia B. Teixeira


Estou me sentindo viva e feliz, solidão não me faz mal, porque ela se encontrou comigo e trouxe a tona a minha Maria Emilia que sempre admirei e que por descuido à deixei  ficar reduzida a ninguém.
Esse encontro acordou a minha essência que é fundamental para me sentir bem e seguir em frente e renovada.
Recomeçando sem dá uma ré no passado.
Ré  jamais!
COMEÇANDO tudo de novo.
Maemiliando...
As coisas ruins passaram e eu acredito que Deus escreveu a minha vitória na palma da minha mão, cabe a mim segurá-la e acreditar que tudo é possível para quem acredita que mesmo passando por desertos a vida se esbarra na beleza da flor de uma nova vida.




2 comentários:

Obrigada pelo seu comentário.