sábado, 20 de abril de 2013

Maria Emilia




A roda da vida não espera para você se recompor.
Ela gira sem parar... E sem pena.
Sem direito para a sua interrogação.
Ela não quer ouvir reclamações.
A vida pede os nossos limites.
E não aceita nenhum palpite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.