terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Maria Emilia B. Teixeira




Não me venha com interrogação
Não me pergunte sobre a minha história.
Em que ponto ela está ou deveria estar.
Ela se encontra na reticência do pensamento.
Incompleta... Esperando a minha decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.