quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Maria Emilia B. Teixeira
















Escrever é um ato de coragem e solidão.
Colocar nas linhas de um caderno, o que está por dentro da alma.
E dependendo do momento pelo qual estou vivendo, a frase ou o texto se vestem da minha emoção. 
Nasce talvez... 
A minha poesia.
As palavras estão soltas para serem usadas e transformadas
Para quem tem a coragem de escrever e se expor.
Correr o risco de quem me ler achar o que escrevo é bom ou ruim.
A minha intenção é de deixar algo ...
Para as pessoas que estão na minha estrada da vida e para quem me lê.
Nossa passagem pode ser longa ou breve...
Escrevo o que sinto.
Traduzido em pensamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.