domingo, 2 de abril de 2017

Maria Emilia B. Teixeira


Ou mergulho fundo ou não vivo.
Perdi o medo de nadar... De nada mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.