domingo, 2 de outubro de 2016

Maria Emilia B.Teixeira


O casal que vive de aparências, são aparentemente feliz.
Quem se apega a sua gaiola, não conseguiu perceber que ela desde o início estava aberta para ambos cantar e buscar a sua felicidade.
Está nas suas mãos a decisão para ficar ou partir de uma relação.
Viver infeliz e ter que conviver com o sonho da liberdade... O que era para ser, perdeu significado.
As asas crescendo junto com os problemas e te prendendo a quem não faz mais par contigo a muito tempo..
Ser ímpar é ruim, mas ser par com a pessoa errada, é desnecessário.
Quando a soma não é exata, perde-se muito tempo...
Coragem! Arranque as asas se for preciso e caminhe com os próprios pés para fora da gaiola e não se importe com opiniões alheia, pois quem opina não admite que tem a vontade de fazer o mesmo em sua vida. Mas preferem o comodismo e as aparências.
A gente nasceu para ser feliz e ponto final.
Troque suas asas por mala de viagem e recomece sempre que for preciso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.