segunda-feira, 22 de abril de 2013

Maria Emilia





Que sejas... Um homem.
Não no sentido da sua masculinidade.
Mas que o seja na sua hombridade.
Isso vale para qualquer idade.
Deixe de se achar.
Pensando que é o cara.
Esse cara tem outro lado da moeda.
Que revela seu baixo valor. 
Tenha vergonha nessa cara.
Por favor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.