domingo, 25 de novembro de 2012

Maria Emilia


Minha válvula

A escrita é a minha válvula de escape.
Que dá forma dos vários sentimentos que não sou.
Mas que sinto ou me fazem sentir...
Dependendo do grau da intenção a que vieram.
Acolho ou o expulso.
Fazendo a minha seleção e coleção.
Deixando prevalecer somente à essência do que sou.
Aqui me sinto em casa e mesmo que não me entendam, eu me basto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.