domingo, 26 de fevereiro de 2012

Maria Emilia




Bumerangue


Bumerangues que me lançam
Sempre ficam em minhas mãos.
Não os lanço de volta.
Alguns me machucam...
Mas não me desequilibram.
Não faço uso do direito de retorná-los.
A vida faz esse papel melhor que eu.
O retorno vem do alto.
Para aqueles que os lançaram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.