domingo, 26 de fevereiro de 2012

Maria Emilia B. Teixeira




Bumerangues que me lançam
Sempre ficam em minhas mãos.
Não os lanço de volta.
Alguns me machucam... Mas não tiram o meu equilibrio.
Não faço uso do direito de retorná-los.
A vida faz esse papel melhor que eu.
O retorno vem do alto.
Para aqueles que os lançaram com a intenção de apenas fazer o mal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário.